Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Pesquisa mostra consumidor mais ligado a causas sociais

Saiu mais uma pesquisa com o consumidor, desta vez para checar o quanto ele está atento ao envolvimento das empresas com causas sociais. Ela foi realizada pela agência StrategyOne por meio de entrevistas de 20 minutos junto a 7.259 adultos de 13 países como Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Itália, Índia, Japão, México, Holanda, Emirados Árabes, Reino Unido e Estados Unidos. E mais uma vez o consumidor brasileiro se destaca como um dos mais antenados ao tema.

De acordo com os resultados da pesquisa, o brasileiro tem alta predisposição para valorizar, recomendar e manter-se leal a marcas cuja atuação relacionada a propósitos seja consistente.  A percepção de que as organizações atuam de forma genuína sobre propósitos subiu de 46% para 64% entre o levantamento feito em 2007 e este, de 2010. Dentre as marcas cujo legado positivo já se faz presente figuram Natura, Omo, Ypê, Nestlé e Coca-Cola.

No país, 64% consideram-se mais engajados diante dos 34% da média global. O consumidor local também se diz mais consciente sobre empresas que, além de buscarem resultados financeiros, envolvem-se genuinamente em temas de interesse social. O brasileiro mostra-se predisposto a confiar, promover e comprar produtos de organizações cujas práticas e ações pautam-se por princípios e valores concretos.

Outros números interessantes da pesquisa no Brasil:

  • 84% dos brasileiros acreditam que, juntos, marcas e consumidores podem fazer mais por uma causa do que se atuassem de modo separado. Mais uma vez, fico na dúvida se isso pode ser chamado de consciência ou de puro e simples bom senso.
  • 82% dos respondentes acreditam que marcas devem divulgar sua atuação em causas para elevar o nível de conhecimento público sobre tais iniciativas. Concordo!
  • 80% tendem a recomendar marcas que apoiam boas causas em detrimento das que não o fazem.  
  • 74% trocariam de marca se uma outra, de qualidade similar, apoiasse uma boa causa.
  • 94% dos consumidores acreditam que a atuação sobre propósitos deve equilibrar interesses sociais e de negócio.
  • 76% creem que não basta às corporações simplesmente transferir dinheiro para causas; elas devem integrar os propósitos às suas estratégias e rotinas de negócio. Esse dado me chamou a atenção porque em pesquisa recentemente sobre sustentabilidade divulgada pela Market Analysis, esta parece ser uma preocupação mais prevalente entre formadores de opinião do que entre consumidores. Bom perceber que na questão social essa percepção já está mais arraigada.
  • 72% gostariam de trabalhar para uma companhia se ela apoiasse ativamente uma causa. •
  • 60% investiriam em uma companhia socialmente ativa.
  • 52% confiam nas instituições governamentais. :0

(*)por Silvia Dias — Fonte: http://www.revistasustentabilidade.com.br/blogs/pecados-verdes/pesquisa-mostra-consumidor-mais-ligado-a-causas-sociais

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário