Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

PAISES DO BASIC ( BRASIL, AFRICA DO SUL, INDIA E CHINA), PEDEM NOVA FASE PARA O PROTOCOLO DE QUIOTO APÓS 2012

Os ministros do Meio Ambiente dos países integrantes do bloco Basic (Brasil, África do Sul, Índia e China) afirmaram no sábado, 27 de agosto, que a 17ª Conferência das Partes das Nações Unidas sobre o Clima (COP-17) deverá priorizar as negociações em torno de uma possível nova fase do Protocolo de Kyoto (cujo primeiro período expira em 2012).

Os chefes de Estado estiveram reunidos no último final de semana em Brumadinho (MG) para debater assuntos ligados às mudanças climáticas. O encontro definiu as articulações para o evento na África do Sul e para a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), em junho de 2012, no Rio de Janeiro.

Os ministros pediram que os países que assinaram o Protocolo de Kyoto trabalhem de maneira construtiva para assegurar que não haja lacuna entre o primeiro e o segundo períodos de cumprimento. O protocolo foi assinado em 1997, em Kyoto, no Japão, e o segundo período de cumprimento, a partir de 2012, deverá prever novas metas de redução de emissões dos países desenvolvidos.

Na declaração conjunta apresentada depois do encontro em Brumadinho, os ministros enfatizaram que o evento de Durban deve progredir em todos os aspectos das negociações e que um acordo sobre o segundo período de cumprimento do Protocolo de Kyoto é a prioridade central.

“Um eventual fracasso nesse sentido poderia gerar um desafio ao multilateralismo e solaparia a resposta multilateral à mudança do clima baseada em regras no âmbito da UNFCCC [Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima]”, destaca o documento.

Os ministros também ressaltaram o importante papel dos países do Basic para garantir o sucesso da Rio+20, bem como o êxito da COP-17 e da Conferência de Nova Delhi sobre Biodiversidade. A próxima reunião de ministros do grupo será realizada na China entre 31 de outubro e 1° de novembro. Na ocasião, um encontro de especialistas sobre o tema será promovido juntamente com o evento ministerial.

O encontro do Basic é o segundo em nível ministerial realizado no Brasil e foi co-presidido pelo ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, e pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira.

Fonte: EcoDesenvolvimento - http://www.ecodesenvolvimento.org.br/posts/2011/agosto/ministros-do-basic-defendem-continuidade-do#ixzz1WZJvXBR5

Nenhum comentário:

Postar um comentário