Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

MAIS UMA SEMANA DE RECORDES NA EMISSÃO DE RCES - NOTICIAS IIDEL - AMERICA LATINA SUSTENIBLE

http://www.envolverde.com.br/fotos_novas/85721.jpgA emissão de 12 milhões de Reduções Certificadas de Emissão (RCEs) para 117 projetos, um recorde no Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), em conjunto com a venda nada convencional por parte das indústrias e o leilão de permissões de emissão (EUAs, em inglês) no Reino Unido, ajudaram a manter os preços das EUAs em queda de 2,4% na semana passada, segundo a Barclays Capital.

Mesmo com todos estes fatores de pressão, a estabilidade dos preços das EUAs fez com que os analistas não reduzissem a sua expectativa de valores para o primeiro trimestre de 2011, entre € 14 e € 16/t.Já as RCEs não suportaram o alto volume de expedição e caíram da média de € 11 - € 11,5 das últimas seis semanas para € 10,9/t.O total de RCEs emitidas até agora é de 511,6 milhões de toneladas de CO2e.

Reformas nos procedimentos e novas contratações no Comitê Executivo do MDL influenciaram a aceleração nunca vista antes da emissão de RCEs, que há tempos sofria críticas de desenvolvedores de projeto pela longa espera.

Fatores como a emissão de RCEs para os projetos HFC-23, que ficou parada por meses ao passo que a sua metodologia iniciou um processo de revisão, créditos para projetos N2O e a correria de final de ano para acelerar o que ficou pendente também influenciaram o salto nas emissões de RCEs.

"Estaremos observando de perto o número de submissões (de projetos) e trabalharemos para reduzir o tempo de espera para 15 dias", comentou o porta-voz do MDL David Abbass segundo o jornal de The New York Times.

Traders começam a se preocupar sobre como os preços das RCEs se comportarão no decorrer do ano com a entrada inesperada de tantas unidades no mercado.

Emmanuel Fages, analista da Orbeo, pondera que o fluxo pode ser um fenômeno temporário e não deve durar o ano todo.

As estatísticas no site do MDL demonstram que o cenário de expedição de RCEs para projetos de gases industriais está mudando, com muitos projetos de energias renováveis, especialmente eólica e hidroelétrica na China sendo agraciados com os créditos.

 As expectativas são que a oferta de RCEs diminua muito após 2012, com a redução de projetos em função da crise podendo ocorrer aumento de preços em breve.

Estados Unidos

Incentivadas por pedidos dos reguladores da Iniciativa Regional de Gases do Efeito Estufa para restringir o mercado superalocado (com excesso de permissões de emissão disponíveis) com a ampliação do seu escopo, as permissões de emissão fecharam a semana na maior alta de seis meses em US$ 1,94.

Nova Zelândia

Com as RCEs em baixa, os preços das NZUs, unidades comercializadas no esquema neo-zelandês de emissões, estavam sendo negociadas na semana passada em torno de US$ 19,15.

Fonte: Instituto CarbonoBrasil/Agências Internacionais - 19/01/2011 - 10h01 - Por Fernanda B. Müller

Nenhum comentário:

Postar um comentário