Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 1 de julho de 2012

RIO +20, ECONOMIA SOLIDARIA E CÚPULA DOS POVOS

* FBES promove debate entre Boaventura e Singer na Cúpula dos Povos

Fonte: www.sites.marista.edu.br

Na manhã dessa terça-feira (19) a tenda 14 da Cúpula dos Povos foi movimentada pela discussão promovida pela economia solidária. O tema do debate foi “Desenvolvimento Sustentável e Solidário nos Territórios: Estratégia de outra Economia” e foi ministrado pelo professor Paul Singer, secretário Nacional de Economia Solidária, e pelo sociólogo português Boaventura de Sousa Santos, professor da Universidade de Coimbra. Aproximadamente 800 pessoas compareceram para prestigiar o debate entre os dois pesquisadores, a maioria composta por jovens que já conhecem a economia solidária e suas práticas.

Leia a íntegra em: www.fbes.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=6961&Itemid=1

 

* Declaração do movimento de Economia Social e Solidária à Rio +20

Esta declaração foi elaborada pelo Conselho de Administração da Rede Intercontinental de Promoção da Economia Social e Solidária (RIPESS), reunido no Rio de Janeiro, tomando como base as discussões e deliberações sobre a Rio+20 do V Encontro Latinoamericano e Caribeño de Economía Solidária e Comércio Justo e com aportes de representantes dos demais continentes.

Leia a íntegra em: www.fbes.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=6955&Itemid=1

 

* Declaração do Movimento de Economia Solidária e Comércio Justo frente a Cúpula da Rio + 20

En el marco de la Conferencia de Naciones Unidas para el Desarrollo Sostenible ó “Río+20”, las organizaciones de economía solidaria y comercio justo de América Latina y el Caribe, reunidos en nuestro V Encuentro, compartimos nuestras preocupaciones sobre el deterioro del medio ambiente y la sustentabilidad del planeta, afirmamos nuestro enfoque y práctica de una economía al servicio de las personas en armonía con la naturaleza, planteamos las siguientes preocupaciones y propuestas al movimiento social y a los gobiernos.

Leia a íntegra em: www.fbes.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=6954&Itemid=1

 

* Campanha pela Lei da Economia Solidária na Cúpula dos Povos

Por Secretaria Executiva do FBES

Mais de 1000 assinaturas foram coletadas no estande da Economia Solidária na Cúpula dos Povos, aonde diversos interessados na temática podem compreender melhor o significado desta outra economia que já acontece e sua contribuição como solução e novo paradigma dos povos. Como destacou o professor Boaventura de Sousa, na atividade promovida pelo Fórum Brasileiro de Economia Solidária, nesta terça-feira, a economia solidária analisa e unifica a produção e o consumo, com a gestão do bem comum, um grande caminho contra a economia verde, pois o capitalismo não tem condições de resolver suas próprias crises.

Leia a íntegra em: www.fbes.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=6966&Itemid=1

* Cooperativas baianas de economia solidária forneceram alimentação na Conferência Rio+20

Fonte: Ascom/Setre

Entre os dias 13 e 22 de junho, cerca de 15 mil participantes da Cúpula dos Povos, evento que faz parte da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável - Rio+20, terão suas refeições servidas por seis cooperativas baianas, que fazem parte da Rede de Alimentação da Economia Solidária. Durante o evento, visitantes do mundo inteiro poderão vivenciar o resultado do trabalho de uma rede de produção de alimentos, que atua baseada no trabalho coletivo. Os alimentos produzidos serão comprados diretamente de agricultores familiares e os espaços de produção serão articulados com empreendimentos solidários do Rio de Janeiro, reforçando a idéia de trabalho em rede.

Leia a íntegra em: www.fbes.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=6952&Itemid=1

 

* Rede Brasileira pelo Decrescimento Sustentável (RBDS) promove Seminário na Cúpula dos Povos

Fonte: Por Alessandro Muniz e Isadora Morena, da Agência Jovem de Notícias Internacional na Cúpula dos Povos

Decrescimento, segundo a mestre em desenvolvimento sustentável Mildred Gustack, é um termo que soa como uma “palavra projétil”, tamanho é o espanto da maioria das pessoas ao escutarem, verem ou lerem o termo. Afinal, estamos acostumados a ouvir frequentemente a importância e necessidade do crescimento econômico incessante. O conceito critica a idéia de que “fora do sistema do crescimento não há saída. Um crescimento infinito em um planeta de recursos finitos é fisicamente impossível e ideologicamente absurdo”, afirma material da RBDS. “Não se questiona mais o crescimento econômico. Cresce-se por crescer. Desenvolve-se por desenvolver. Não se sabe o que está sendo desenvolvido, o que está crescendo, afirma Mildred, e completa que “Quando se fala em crescimento econômico, se pensa em qualidade de vida, o que não tem absolutamente nada a ver. Esse crescimento é do Produto Interno Bruto anual, o aumento da atividade econômica do país. Essa ligação é muito perigosa, pois faz com que as pessoas tenham um conceito de crescimento, de desenvolvimento humano baseado no econômico”.

Leia a íntegra em: www.fbes.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=6957&Itemid=1

 

* Marcha das mulheres ocupa o centro do Rio de Janeiro por direitos, justiça e liberadade

Por Secretaria Executiva do FBES (com informações de www.cupuladospovos.org.br)

Hoje pela manhã (18) as ruas do Centro do Rio de Janeiro lotaram: mais de 5 mil mulheres integrantes de vários movimentos sociais se juntaram por uma causa única: a defesa dos direitos e da liberdade das mulheres. A concentração da manifestação começou no Museu de Arte Moderna (MAM), no Aterro do Flamengo, e seguiu pela avenida Rio Branco, no Centro do Rio, terminando no Largo da Carioca.

Leia a íntegra em: www.fbes.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=6958&Itemid=1

 

* Cúpula dos Povos leva 80 mil às ruas por justiça social e ambiental

Por Secretaria Executiva do FBES, com informações de http://cupuladospovos.org.br

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário