Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 1 de agosto de 2010

Supermercado reutiliza óleo de fritura para gerar energia

Com foco na preservação ambiental, a rede Carrefour deu início a um programa de reaproveitamento do óleo utilizado para frituras, que é aplicado para o funcionamento de geradores de energia. A medida começou em outubro de 2009 e foi trazida para Mogi Mirim em março deste ano.


A ideia do projeto é fazer com que a população deposite em pontos de arrecadação de entrada da loja o óleo para reaproveitamento. O produto utilizado pelo estabelecimento, para fritar salgadinhos, por exemplo, também é reaproveitado. Este material posteriormente é recolhido por uma empresa especializada e transformado em biodiesel.

O combustível então é utilizado nos geradores das lojas Carrefour, ligados em momentos de pico de consumo de energia e também repassado à um fornecedor de frutas.

Segundo o Gestor de Produtos Perecíveis, Gerard Antonius Eysink, o produtor que é beneficiado pelo biodiesel é de Mogi Mirim.

Eysink explicou que quando ocorre o repasse do produto uma conta é feita para verificar quanto o fornecedor iria gastar caso fosse adquirir o diesel comum em postos de combustível. O valor é calculado e o produtor, que por sua vez mantém um convênio com a entidade Alma Mater, faz doações para a instituição.

Ele comenta que o fornecedor de frutas verifica quais materiais estão em falta na Alma Mater, os adquire e envia para a entidade, utilizando o valor integral que gastaria em diesel. Nos geradores, o Gerente explicou que não foi possível calcular a economia proporcionada pelo sistema de biodiesel, uma vez que o produto ainda precisa ser misturado com o diesel comum.

Segundo ele, a intenção é de no futuro os geradores passem a funcionar integralmente com o combustível ecológico e, então, novas utilizações para o produto devem ser planejadas.

MOGI MIRIM

Eysink comentou que na implantação do programa um total entre 50 e 70 litros de óleo de fritura são arrecadados mensalmente. Em Mogi Mirim, que recebeu a iniciativa em março, no mês de junho este total já atingiu 150 litros. “Em menos de meio ano já triplicou”, comentou.
O bom resultado ele credita a consciência ambiental da população da cidade. “Foi uma surpresa”, afirmou.

No mês de setembro o gerente explicou que um programa de ampla divulgação do serviço de coleta de óleo deve ser realizado na cidade. O trabalho deve acontecer no interior da prova em escolas e residências. Com isso, ele estima que a coleta de óleo na cidade pode atingir cerca de 300 litros.

Segundo comentou Eysink qualquer pessoa pode depositar contribuir para o programa de coleta de óleo do Carrefour, mesmo que não sejam clientes. Para isto, basta levar o óleo a ser reaproveitado em qualquer recipiente e depositá-lo no local indicado, que fica na entrada loja.

FONTE: A Comarca

referente a: iGoogle (ver no Google Sidewiki)

Nenhum comentário:

Postar um comentário